Otimizar as plataformas de venda na internet tem sido uma das principais metas de donos de lojas virtuais e outros empreendimentos online. Democrático, o universo virtual gera espaço para todos aqueles que se engajam em transformar a sua marca em um sucesso. Diferente do comercio tradicional, o e-commerce é mais imediatista, pede mais rapidez e fluidez em todo o processo de compra e venda.

Sendo assim, ter total consciência das tendências de design e experiência do usuário desde o momento em que ele visita a loja virtual até quando decide oficializar a compra é importante. Essa consciência vai muito além do senso estético em ter um layout bonito e responsivo. Se você quer transformar seu e-commerce em um sucesso, a aparência dele e a funcionalidade do serviço precisa ser repensada.

Será que sua loja virtual está dentro do que esse tipo de comércio exige no momento? Veja algumas tendências que destacamos nesse post e compare.

Padrão minimalista e layout para dispositivos móveis

Até pouco tempo o que se via era uma miniatura do site quando acessado em dispositivos móveis. Hoje, dois layouts já são elaborados pensando na praticidade do consumidor e na sua jornada de compra. O visual anda mais limpo e acessível. O menu ganha lugar de destaque, geralmente no topo da tela, assim como informações sobre login e carrinho de compras.

minimalista-lojaUsar esse padrão minimalista ajuda muito a resolver os problemas de acessibilidade do cliente. A navegação está muito mais fácil e causam um impacto mais positivo na hora de realizar as compras por dispositivos móveis – com uso em alta e com perspectivas de ampliação. Isso também gerou uma redução grande de erros no layout, comprometendo até mesmo a segurança do seu usuário e a credibilidade da sua marca.

Já quando se fala em padrões comuns, aqueles layouts que você acessa de um computador convencional, o chamado “Design em Cartão” tem crescido muito nos últimos dois anos. Em 2016, particularmente, ele ganhou uma relevância ainda maior. Trata-se de aplicar cartões com as informações de um tópico da sua loja virtual, organizando as informações e facilitando a navegação.

card-loja

Chamadas, frases de efeito, valores, nome de categorias e muito mais podem ser estabelecidas nesse tipo de design. Os layouts em cartão funcionam também muito bem em dispositivos móveis, mas no padrão comum ele exerce um poder de atratividade muito importante. Todas as informações que você precisa para acessar determinada promoção ou categoria está ali. Tudo de forma objetiva e prática.

Ofertas e capturas de leads em pop-up

Logo quando os primeiros modelos de loja virtuais foram laçados, na década de 90, os pop-ups vinham como uma forma de propaganda que ganhava espaço. Acontece que em vez de auxiliar e atrair o cliente, eles eram trabalhados sem conexão direta com a loja e tornaram-se um verdadeiro incômodo. Foi justamente quando os usuários também passaram a usar bloqueadores para essa função em seus navegadores.

Depois de uma mudança considerável, esses mesmos pop-ups, que antes vinham em layout nada atrativo, mesmo que muito chamativos, voltaram a cair no gosto popular. Hoje apresentam-se de uma maneira muito mais clean e discreta, chamando a atenção que precisa e sem prejuízos a navegação da loja virtual.

É indicado utilizar esse tipo de “motivação” para seu cliente concluir a compra, ganhar desconto, para captar seu contato (lead) ou, simplesmente, assinar a newsletter do site, mas nada de cobrir inteiramente a tela, ou encher de pop-ups sua loja. Em acessos via smartphones, eles prejudicam muito a leitura e visualização, portanto, cuidado no seu uso!

Imagens em destaque

O consumidor está, cada vez mais, buscando por todos os detalhes dos produtos que compra pela internet. A descrição é válida e importante, mas imagens grandes e de boa qualidade trazem uma experiência ainda mais positiva do cliente em sua loja virtual.

detalhe-loja

Ofereça ferramentas como zoom do produto em destaque, imagens mais focadas em detalhes da peça, além daquela que mostra o produto como um todo. Também já existe a possibilidade de disponibilizar imagens em ângulos de 360 graus, permitindo que a experiência de compra seja ainda mais positiva. Essas ações apesar de pequenas, aumentam consideravelmente as chances de o visitante escolher o seu produto à venda e finalizar a compra.

Descrição, review e vídeos

A descrição do produto deve ser a mais real e detalhada possível. Não esqueça de falar do material de composição, medidas, peso e tudo o que facilitar a projeção da peça pelo cliente.

A opinião dos compradores é tão importante quanto às descrições. Essa é a oportunidade que seu visitante tem de saber como é o produto fora da sua loja, nas mãos de outros consumidores como ele. As experiências reais que outros clientes estão tendo com o produto, ampliam as chances de venda.

comentario-loja

A inserção de vídeos demonstrativos também tem sido de grande valia. Não apenas mostrando o produto como ele é, mas a sua usabilidade para que o comprador tenha uma aproximação ainda maior com a peça. É comum recorrer a esses vídeos em portais como o Youtube, mas são produções não oficiais. Quando você já disponibiliza essa ação facilita ainda mais a decisão do comprador.

Interação direta e rápida

A conectividade do cliente com a loja também precisa ir além do contato por email e nas redes sociais. Esses dois canais ainda são importantes, mas dispor de um chat online também faz muita diferença no processo de compra.

É importante que você instale um software também responsivo. Lembre-se que o perfil de consumidor de hoje é para dispositivos móveis. Quando você limita o acesso das funcionalidades do seu site apenas para uso pelo computador, reduz-se também as chances de finalizar os processos de venda.

chat-loja

Por mais que exista um contato mais indireto, diferente do que acontecem nas lojas físicas, ainda assim há meios de deixar-se mais próximo do cliente. Abra também novos canais de comunicação, como Whatsapp, Redes Sociais e Skype. Aproxime-se do seu cliente para fazer com que a experiência em sua loja seja boa e ele saia satisfeito.

Essas são as principais tendências em e-commerce para 2016, mas existem outros detalhes que fazem toda a diferença, como a navegação fácil, a rapidez de abertura e a organização do conteúdo, que já comentamos nesse outro post. Perceba que o principal foco das tendências atuais é trabalhar o relacionamento com o cliente. A experiência em visitar a sua loja, a simpatia pelo produto e a finalização da compra, são processos que você precisa se envolver.

Pronto para criar sua loja virtual moderna, responsiva, inovadora e seguindo as tendências da experiência do usuário e do marketing digital? Fale conosco e peça seu orçamento!