Todas as marcas, empresas e empreendedores querem ocupar a primeira posição das buscas orgânicas no Google. Ficar bem ranqueado é fundamental quando trabalhamos com o mundo virtual, pois quanto mais no topo, mais fácil de ser encontrado pelo público. Sendo assim, utilizar algumas técnicas de SEO unidas ao Marketing de Conteúdo podem alavancar o posicionamento do seu web site, blog ou loja virtual.

Visando melhorar os resultados das buscas, o Google e outras plataformas atualizam constantemente seus sistemas, Uma das últimas mudanças foi beneficiar os web sites adaptados a visualização em diferentes tamanhos de tela e os que possuem palavras-chave relevantes, e punir quem utiliza práticas não adequadas para ranqueamento e também web sites que não possuem conteúdo de qualidade. Isto faz com que o posicionamento das páginas mude também a cada atualização de plataforma.

Para ajudar nossos clientes a ranquearem melhor no Google, selecionamos cinco dicas dicas básicas de SEO. Vamos lá.

1. Definição de palavra-chave

Esse é um dos pontos mais básicos de qualquer web site, blog, ou loja virtual, mas muitas marcas acabam se esquecendo de definir e preencher a palavra-chave mais importante do conteúdo de cada página. Sem a definição adequada de uma palavra-chave, a página fica sem “assunto” determinado, digamos assim, que é o que faz uma página ou post serem encontrados mais facilmente quando um usuário realiza uma busca.

Além disso, a definição de palavras-chave é fundamental antes de criar qualquer conteúdo, pois com uma análise dos termos é possível saber qual é o mais buscado em termos de volume de pesquisa mensal, qual tem um baixo volume de buscas e também quais os termos mais longos e precisos que são mais requisitados para você traçar uma estratégia de marketing de conteúdo bem focada e mais eficiente.

Então, dica 1: quando estiver criando suas páginas e posts, defina a palavra-chave pensando no seu público – o que ele buscaria?

2. Title Tag (h1, h2, h3)

Quando você está lendo um artigo na internet o que mais te chama atenção? Certamente são:

  • títulos
  • subtítulos
  • palavras em negrito
  • tópicos
  • listas

Não é mesmo?

Como a leitura na web deve ser guiada para seu público ler rapidamente e entender os pontos principais, é preciso que você use a hierarquia de subtítulos em suas páginas e posts.

H1, h2, h3, h4 e assim por diante são as classificações que definirão o título e subtítulos de suas postagens. Ou seja, o título principal deve levar a configuração h1. O subtítulo h2 e assim sucessivamente. Entretanto, não inclua mais que 4 subtítulos. Isso deixa o conteúdo muito segmentado.

Dica 2: use a palavra-chave do seu post ou página no h1 (título principal) e em algum outro subtítulo (h2 ou h3). Isso é uma ótima prática de SEO.

3. Meta description

A Meta description nada mais é que um “resumo” da sua página, que é utilizado pelo Google na exibição dos resultados, ou seja, acaba sendo aquelas duas linhas logo abaixo do título, veja:

meta-description

O conteúdo do meta description não influencia diretamente o posicionamento junto ao Google, entretanto, uma descrição bem redigida, clara, objetiva e atrativa contribui para o aumento da Taxa de Cliques, a chamada CTR – Click Through Rate. Essa sim pode ser utilizada para melhorar a posição de um web site, blog ou loja virtual. Além disso, alguns termos da descrição são enfatizados em negrito, quando fazem parte da pesquisa realizada (atenção aqui às palavras-chave!), ajudando o usuário a encontrar rapidamente o que está buscando com mais facilidade.

Dica 3: quando for escrever a meta description das suas páginas ou posts, atente-se:
1. Para incluir a palavra-chave principal que o usuário pode buscar;
2. Mostre resumidamente o que o leitor encontrará naquele conteúdo;
3. Não crie falsas promessas sobre o conteúdo;
4. Tente ser o mais persuasivo possível para seduzir seu leitor a clicar no seu link;
5. Tudo isso em até 160 caracteres.

4. URL amigável

Na hora de criar uma página ou um post novo, pense em uma URL de fácil compreensão e de fácil acesso também ao seu conteúdo. Por exemplo:

URL não amigável: www.cronomidia.com.br/post5738/conteudo-post?blog=18374
URL amigável: www.cronomidia.com.br/blog/dicas-de-seo

Entendeu a diferença?

Dica 4: ao desenvolver suas páginas e postar novo blog post, veja suas URLs. Elas devem ser curtas, diretas e objetivas, e quando possível, use a palavra-chave nesse endereço também.

5. Imagens com alt text

Uma das coisas mais esquecidas em qualquer blog post são as imagens. Não é apenas o conteúdo que deve ser otimizado. As imagens também são fundamentais!

As imagens em destaque de capa, as imagens ao longo do texto, os infográficos, gifs, fotos e quaisquer outros tipos de imagens devem receber um texto alternativo, um nome e uma descrição.

Dica 5: preencha os campos de descrição e texto das imagens na hora de publicá-las. Todas as imagens devem conter a palavra-chave específica do post ou da página para que elas sejam identificadas como parte daquele assunto pelo Google.

Recapitulando: as 5 dicas básicas de SEO

  1. Defina sua palavra-chave
  2. Use a hierarquia da informação (h1, h2, h3…)
  3. Escreva sua meta description de forma clara e atrativa
  4. Utilize URL amigável
  5. Insira as imagens e preencha os textos e descrições.

Agora que você já sabe as cinco dicas básicas, revise seu web site, loja virtual ou blog e melhore o posicionamento junto ao Google!

***
Site desatualizado? Isso é um grande erro de marketing digital. Vamos corrigir? Peça uma proposta dos nossos sites inovadores e modernos que já vem com tudo pronto para você se destacar na internet! 🙂