Todo negócio que preocupa em conquistar engajamento através da internet e aumentar suas vendas com um bom site e participação ativa em redes sociais, certamente já ouviu falar no termo SEO. Ele vem do inglês Search Engine Optimization e significa Otimização de Mecanismo de Busca, e visa trabalhar para que sites buscadores como Google, Yahoo Search e outros encontrem o seu web site mais facilmente.

Apesar da recente popularização, a técnica ainda acaba sendo confundida ou mal interpretada por muitos. Na verdade, o SEO é uma ferramenta de marketing importantíssima que, se bem usada, gera mais leads e, consequentemente, novos clientes e receita maior. Hoje em dia ainda temos a ascensão meteórica do inbound marketing  – já superando o tradicional outbound – usando a otimização como uma das principais maneiras de ganhar visibilidade na imensidão da web.

Além do resultado desejado de vender mais, a otimização SEO também é uma boa para quem deseja apenas ganhar visibilidade e fazer reforço de branding. Aparecendo mais facilmente nos mecanismos de busca para termos que têm relação com o seu segmento e negócio, fica bem mais fácil dos potenciais clientes ficarem sabendo sobre você e se acostumarem com a sua marca. Daí para frente é só saber trabalhar com boa qualidade no que oferece e capitalizar com os acessos a mais que vai passar a receber.

E o SEO deve começar já através da criação do site corporativo. Desde os primeiros passos é preciso elaborar uma estratégia de desenvolvimento pensando em como ficar bem posicionado nas buscas que interessam ao negócio. Para isso, algumas dicas podem fazer a diferença. Veja.

Direto no site

Já no momento de pensar nos detalhes do web site é necessário adequá-lo ao SEO para obter melhores resultados.

As URL’s (endereços de cada página) podem fazer toda a diferença, e é preciso pensar na busca do Google e de outros mecanismo de pesquisa antes de definir cada uma delas – domínio, subdiretórios, etc, precisam estar adequados.

As meta tags usadas – que não aparecem para o internauta visitante, mas estão no código – também merecem atenção, com meta descrições e títulos para cada página ajudando os mecanismos a ter mais informações sobre o site, e assim ranqueando ele de maneira mais efetiva.

Ainda é de suma importância ficar atento para evitar conteúdo duplicado, que desfavorecem o site na hora das buscas.

Plugins úteis

E já é possível construir o web site deixando ele responsivo e atento às necessidades de SEO com alguns plugins úteis. Existem ferramentas que podem ser instaladas no painel de edição do site para ajudá-lo a se manter dentro dos parâmetros ideais e estar sempre no topo das buscas!

O Yoast, para WordPress, é o exemplo mais famoso e completo do momento. Esse plugin já trabalha meta-descrições, títulos e até dá indicações durante a escrita do texto de postagens sobre a adequação deles dentro das palavras-chaves indicadas – além de poder analisar cada página. Ainda existem muitos outros pacotes de plugins para SEO disponíveis, basta pesquisar e encontrar o que se encaixa mais no que você procura.

Conteúdo direcionado

Todo o planejamento de postagens do site precisa se basear em técnicas de otimização SEO para ter maiores chances de ser bem ranqueado no Google e similares.

Um conteúdo direcionado exatamente ao tipo de público que você procura ajuda a atrair acessos válidos, que realmente podem se transformar em leads e clientes. De nada adianta construir um site perfeito e conseguir atrair um grande número de visitas se a maioria não tem interesse no que você oferece. Para isso, é ideal fazer uma extensiva busca de palavras-chave mais pesquisadas em relação ao seu segmento e, a partir dela, preparar posts que respondam às principais dúvidas do público-alvo.

Nos textos

Por fim, na hora de escrever o conteúdo do web site e os posts também é preciso manter a atenção para se adequar às técnicas de SEO.

Usar algumas vezes (três é considerado um bom número) no texto a palavra-chave escolhida para ele é fundamental, já que é o que mais determina o posicionamento nos mecanismos de busca. Mas, cuidado para não exagerar nas repetições: sempre que possível use sinônimos para evitar os excessos – não só fica chato de ler como também recebe punições dos mecanismos.

O uso de negritos e itálicos também ajuda o Google a entender o tema daquela postagem e a ranquear de maneira adequada.

Entender o que é e como funciona a otimização SEO e implementar tudo que for possível em seu site vai fazer muita diferença e conquistar acessos de forma orgânica. Em pouco tempo, já vai conseguir notar os resultados em número de tráfego, leads, clientes e vendas. Mãos à obra!

Se precisar de um web site profissional já com todas as técnicas de SEO, entre em contato e conheça nossos planos!