Após criar um site é preciso dar visibilidade e relevância para conquistar um posicionamento de destaque nas buscas orgânicas da internet. É na busca orgânica que os usuários procuram a maioria das informações não comerciais, como entretenimentos, esportes, educação, etc. e nestes resultados os usuários confiam. Segundo estudos do IBOPE, 73% dos usuários preferem clicar num resultado de busca orgânica que em links patrocinados, porque acreditam que a busca natural é mais confiável. E 36% das pessoas acreditam que a empresa no primeiro lugar do Google na busca orgânica é a empresa líder daquele segmento.

73% dos usuários preferem clicar num resultado de busca orgânica

E para uma empresa conseguir o destaque, é preciso utilizar estratégias bem definidas aplicadas por meio de ferramentas de Search Engine Optimization – SEO. O SEO trabalha com ações de otimização para melhorar o posicionamento dos sites na busca orgânica (está em dúvida do que é busca orgânica? Leia nosso post ‘Busca orgânica x Links patrocinados’) e consiste, basicamente, em seguir uma série de procedimentos visando que o Google tenha mais subsídios para encontrar um determinado conteúdo.

A pirâmide do SEO abaixo ilustra os pontos mais importantes para você observar no seu site.

Para otimizar um site é preciso começar com uma base forte, ou seja, ter um site bem estruturado, com facilidade de acessar e navegar e formatação adequadas. É preciso agregar a usabilidade e design no projeto, levando em conta o público de interesse e o objetivo do site.

Além da estrutura, o conteúdo é fundamental. Sem um conteúdo de qualidade todas as outras estratégias de marketing e SEO são deficitárias. É preciso ter um conteúdo exclusivo e relevante para o público de interesse, pois é o item que vai atrair mais a atenção dos clientes, seja em um site, blog, loja virtual ou na rede social.

Sem um conteúdo de qualidade todas as outras estratégias de marketing e SEO são deficitárias.

A segunda base da pirâmide mostra a importância das palavras-chaves, que quando bem definidas levam o Google a encontrar seu site de maneira mais fácil em uma busca. Assim, ao escrever um conteúdo é preciso levar em conta, além das regras padrões de webwriting, fatores como palavras-chave, hierarquização e linkagem.

Depois da estrutura e conteúdo bem definidos é que se procura construir links, ou seja, buscar sites e blogs que comentem e remetam ao site ou páginas específicas. Com isso, o Google indexa mais páginas e melhora o ranking do seu site.

E no topo da pirâmide estão as redes sociais. Apenas depois de consolidar toda base é hora de investir nas mídias sociais, seja no Facebook, Twitter ou Youtube. As redes geram tráfego no site e ampliam o número de views, consequentemente, geram mais relevância para o Google.

Seja qual forem às estratégias delimitadas, é preciso pensar no longo prazo e ter objetivos bem definidos para o sucesso da sua empresa na internet.

 

Clique aqui e entenda como colocar as teorias de SEO em prática.